fbpx

O Sistema agroalimentar tem um impacto significativo no nosso dia-a-dia, mas dificilmente pensamos nele. No entanto, de cada vez que comemos ou compramos alimentos estamos a interferir com este sistema. Este ano, o Dia Mundial da Alimentação pretende estimular uma melhor produção, melhor nutrição, melhor ambiente e melhor qualidade de vida.  

A produção, consumo e desperdício alimentar está a causar um grande impacto ambiental no planeta, colocando uma pressão desnecessária nos recursos naturais, ambiente e clima. Além disso, globalmente os sistemas agroalimentares apresentam marcadas desigualdades e injustiças, enquanto 3 bilhões de pessoas não conseguem pagar por uma dieta saudável, o excesso de peso e a obesidade continuam a aumentar em todo o mundo.  

Nos últimos anos temos vindo a observar um foco numa economia verde e nas políticas mais sustentáveis. Estas também visam melhorar o sistema agroalimentar como um todo desde a produção mais sustentável, até um consumo mais responsável.  

Este ano, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, desafia todas as pessoas a participar nesta campanha por uma melhor alimentação e qualidade de vida com 8 medidas concretas:  

  1. Escolha alimentos saudáveis: Escolha uma dieta saudável e variada, rica frutas, vegetais, legumes, nozes e grãos integrais e pobre em alimentos ultraprocessados ​​ricos em sal, açúcar ou gorduras. Desta forma está a proteger a biodiversidade e garantir a sustentabilidade do sistema agroalimentar.  
  1. Escolha produtos sustentáveis: Considere o impacto ambiental dos alimentos que consome: escolha frutas e vegetais sazonais e locais, alimentos que exijam menos água ou outros recursos naturais para serem produzidos, ou carne ou peixe que seja produzido ou pescado usando métodos sustentáveis. E evite alimentos com muita embalagem! 
  1. Reduza o desperdício alimentar: Compre apenas o que necessite, diversifique as suas técnicas de armazenamento de alimentos, faça picles ou geleia com frutas e vegetais que não consumiu e planeie as refeições que necessita fazer.  
  1. Recicle como a natureza: A natureza nunca desperdiça! Os restos de alimentos podem ser utilizados na compostagem e reutilizados na fertilização de plantas.  
  1. Apoie os produtores locais: Escolha cadeias de valor curtas e inclusivas que liguem os produtores aos consumidores e nutram os ecossistemas. Procure comprar nos mercados de agricultores locais, que promovem a biodiversidade e variedades regionais.  
  1. Adicione algo verde ao cenário: Crie espaços verdes, no seu jardim ou com um vaso na varanda. Aprenda a cultivar alimentos, ou envolva-se numa horta comunitária local.  
  1. Vista-se de forma sustentável: Os sistemas agroalimentares são responsáveis pela produção de fibras como o algodão e a lã. Apoie as marcas com políticas de sustentabilidade e responsabilidade ambiental. Seja consciente das suas necessidades. Pode doar as roupas velhas a instituições de caridade e comprar roupas usadas para apoiar um estilo de desperdício zero. 
  1. Partilhe o seu conhecimento: Partilhe a sua experiência e conhecimentos com a comunidade, aumente a consciência para a necessidade de um mundo mais sustentável e equitativo para todos. 

Baseado: World Food Day 2021, Get involved, FAO 2021 – http://www.fao.org/world-food-day/communication-toolkit/en

Ana Luís Pereira | Médica de Família

Cuidados Domiciliários
Dia Mundial da Alimentação 2021 – Melhor…para todos!
Tagged on:         

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *